CEMITÉRIO MALDITO [Crítica Sem Spoilers]

CEMITÉRIO MALDITO [Crítica Sem Spoilers]


ó fala galera sabe o que eu descobri que nós estamos vivendo uma nova era de remake agora já não basta mais atualizar os filmes para as novas gerações o negócio é trocar tudo bagunçar a porra toda às vezes dá certo como novo suspiria às vezes dá errado como esta nova versão de cemitério maldito vem comigo que está começando o o opeth [Música] para quem não sabe ou não conhece a história ao cemitério maldito pé cemitério é uma adaptação do romance homônimo de steve young publicado originalmente em 1983 aqui no brasil em 1984 com o título o cemitério livro considerado um dos melhores e mais assustadores do autor em 1989 30 anos atrás a obra ganhou sua primeira versão cinematográfica que fez relativo sucesso a trama acompanha o tornou screen interpretado pelo jejum claro que se muda com sua esposa gentil e seus dois filhos pequenos de boston uma cidade grande para uma pequena localidade do menino a casa da família fica ao lado de uma rodovia que possui um tráfego intenso de caminhões e próxima a um cemitério mistérios quando uma tragédia acontece e o doutor luís não sabe exatamente como lidar com ela o seu vizinho de hoje incluindo vivido pelo john light col oferece uma alternativa inusitada que vai desencadear uma série de acontecimentos pra lá de macacos no meu vídeo os filmes de horror mais promissores de 2019 publicado em fevereiro quem acompanha o canal mais tempo sabe que esse vídeo é uma espécie de tradição por aqui todos os anos eu faço um apanhado dos longas metragens do gênero que vão estrear listo baseado numa série de informações àqueles que eu acho que vão dar certo eu coloquei cemitério maldito em um quarto lugar e até defende uma certa alteração na história de kim escancarada no único treino e disponível naquela ocasião agora já são uns 3 ou 4 3 1 mas isso foi lento do que o outro se eu fosse você não assistia nenhum para não atrapalhar sua experiência enfim eu defendi a troca de um certo personagem acreditando que talvez aquela fosse uma decisão acertada para surpreender o público que viu o original agora depois de ter assistido a refilmagem eu discordo culpa diretamente disso tal decisão afetou e muito o rumo da história em entrevistas os diretores querem cultivemos o ‘maior disseram que o objetivo era esse mesmo desvirtuar o livro para entregar algo novo ao público tanto para os fãs disse franken enquanto os fãs do filme original os fãs das duas coisas e quem só queria mesmo ver uma boa produção de the who acontece que toda essa desvirtuou cidade ea inserção de passagens em personagens da obra de quim que por sinal não estavam no cemitério e tente xuxa propostas pelo roteirista jeff bower o mesmo cara que escreveu maligno e make de gripe que está em 2020 infelizmente não adiantaram não tornará o longa metragem mais assustador a procissão das crianças mascaradas até que dá um cafezinho mas outras cenas outras situações onde o objetivo era meter medo acabaram me provocando risadas uma das coisas que mais me deixou chateado foi os diálogos dispositivos em excesso todo aquele didatismo em algumas cenas os caras lá em trechos inteiros de um livro um tá na merda eu não moro ao lado de um cemitério amaldiçoado não pretendam usufruir as benéficas es ou as malas chefs estrelados e vezes a palavra existe digital lugar que tanto lenga-lenga e nessa brincadeira o ritmo foi afetado graficamente passam aí 1 50 minutos até o filme engrenar de fato pra não dizer que não falei das flores a performance do elenco de modo geral mesmo com esse texto problemático é muito legal o veterano john lithgow dá um show como sempre ea atuação das crianças é ótima no entanto quem mais me chamou a atenção foi a nrc next cujo background é mais explorado a sua personagem tem substância e atriz domina todas as cenas em que aparece antes da vinheta usei sus filha como referência para este modelo de um remake que troca tudo bom eu curtia refilmagem de surf mas houve quem não apreciasse os fãs hardcore da obra de dario argento de pensaram mas por que que eu estou dizendo isso porque mais que eu estou com mimi mim exigindo demais destino e make de tatiane terry querendo fidelidade à livre maquiar livre matola talvez se você não tiver intimidade com o longa metragem de 1989 talvez se você nunca leu a obra deste fã quem talvez você ache o filme interessante essas lacunas em sua vida podem ser um grande trunfo a nova versão de cemitério maldito pode se tornar uma experiência divertida e assustadora olha só que notícia boa assista ao filme depois você volta aqui e deixe sua opinião nos comentários conte tudo esconda me nada vou querer saber até mesmo o que você achou do cover dos a kroll é pra música tema do ramon e é obrigado por sua audiência lembre-se do lec maroto e compartilhar o vídeo com seus amigos através das redes sociais para adquirir camisetas da agetur só com frete reduzido para todo o brasil basta clicar no link que está na descrição tal e até a próxima [Música]

100 comments

  • Ludmila Beatriz Freitas Santos

    Eu não sei se fiquei com muita expectativa mas não curti muito essa nova adaptação, ainda prefiro a adaptação de 1989.

    Não é que a atuação dos atores seja ruim mas eu esperava realmente mais justamente por já conhecer a história

  • Alan Bitencourt

    Eu irei hoje para vê se e bom ou não.

  • Puta vida, Getro!
    Eu acabei de ver o filme, depois de já ter visto teu vídeo e já estava pronto pra reclamar aqui, mas ai chegou o final e eu fiquei "mano, que bosta".
    Realmente, em linhas gerais, esse filme foi bem problemático.
    Senti falta de terror, o filme é bem sem sal. Não tem nenhuma cena realmente impactante.
    Acho que a única coisa desse filme que supera o original é a caracterização (por razões óbvias).
    A versão da Starcrawler ficou uma delícia. É uma das músicas que eu mais gosto dos Ramones, então eu até estava com medo de que não prestasse.
    Estou triste porque sinto que esse filme não acrescentou nada em minha vida. Quer dizer, se eu tivesse ou não o assistido, não faria nenhuma diferença, o que é lastimável. Espero apenas que IT 2 não siga por esse caminho (e que seja melhor que o primeiro).

  • Lucas de Souza

    Espero ansiosamente pelo remake de Christine do Stephen King

  • Getro, cadê você comentando sobre o trailer de It pt.2??

  • André Fernandes

    filme muito fraco nao vale apena ir no cinema ver essa porcaria quem quiser asistir ja tem no aplicativo cine filmes

  • Se conseguiram acabar com o filme eu não sei porquê ainda não assisti mas conseguiram acabar com a música.

  • Dr. Juerdo Titsgo

    Remake por si só já é uma tremenda idiotice caça-níqueis, especialmente os de hoje em dia. Só consigo pensar em apenas DOIS remakes que têm razão de existir: "Scarface" do De Palma e "A Mosca" do Cronenberg.

  • Furiaw Consonância & rima

    Gostei desse remake! Tenso de mais..

  • saí indignado do cinema, como fizeram isso com Cemitério Maldito, já li o livro duas vezes, quem é fã do Stephen King, não tem como aprovar essa versão.. personagens sem profundidade, capítulos do livro passados em segundos, absurdo

  • a única coisa que presta no filme é o Church

  • Amei Sua Critica Getro.

  • Harry Mangiapelo

    Assisti o antigo e li o livro e gostei do filme novo. Fazer o que hahhahahaha.

  • Nelson Correia

    Faz um Vídeo de Christine o carro assassino , filme maravilhoso de terror .

  • Fábio Fernandes

    O ritmo foi afetado porém ao desenrolar teve uma boa história, porém é claro que o antigo é um clássico, mais meu amigo ou amiga, muito difícil em 2019 alguém seguir nas mesmas proporções de filmes originais. Se vc faz exatamente igual ao primeiro fica clichê demais se faz diferente os amantes acham uma porcaria kk vai entender. O filme ao meu ver ficou muito bom para os dias de hoje, principalmente na ideia da menina no lugar de cage, o final bem diferente creio que terá cenas alternativas no futuro. Pra mim foi bem satisfatório só assunto pra vcs verem.

  • Luciano Cabral

    Poxa vida Getro!!!!
    Sou seu fã !!!!!
    E tenho absoluta certeza que você é um dos melhores críticos de cinema aqui no Youtube, senão o melhor…. Principalmente em relação aos filmes de terror, horror e trash…..
    Mas desta vez (e foi a primeira!!!) você errou a mão na avaliação meu caro….
    Acho que sua crítica foi contaminada pela sua lembrança afetiva do filme dos anos 90. Afinal esta refilmagem é muito superior ao 1º filme ( Muito embora também não seja uma obra prima).
    Tenho certeza que você irá rever esta crítica algum dia e irá concordar com isso….
    Continuo sendo seu fã mesmo assim

  • Estou super ansiosa por esse filme, adoro as críticas do Getro e esse vídeo me deixou triste porque eu confio no que ele diz, talvez a crítica me faça ir ao cinema com uma opinião formada mas vou mesmo assim assistir hahaha

  • Faz um vídeo sobre o coringa

  • O primeiro filme é ruim e esse é pior.

  • O mundo de Cherry C.

    Getro, posso ser sincera? Sempre vejo suas críticas antes porque sempre bate algumas ideias nossas em relacao a filmes de terror. Porem cemiterio maldito não foi tao enrolado pra desenvolver. Eu gostei fugiu mas surpreendeu um pouco. Ficou bizarro o final ficou. Mas a morte da menina chocou bem mais que a do menino pelo apego dela com o pai e tal. Minha opinião ne.

  • Nem vou gastar meu dinheiro…… Tiraram o essencial… O livro faz a gente pensar sobre o que fariamos e dá uma angústia! Susto por susto…. Fica sem graça……

  • Detestei esse filme!

  • Rodrigo Oliveira

    Eu também não gostei do filme 🙄👎!!!

  • achei o filme uma bosta

  • Eu não assisti o original e achei esse muito ruim.
    Eles podiam focar mais no horror psicológico ao invés de partirem pra ação.
    Afinal as cenas q mais assustam são as da mãe dela com flash back da infância. O longa podia se apoiar mais na ideia que já é assustadora por si só sem a necessidade de tantas cenas de ação corridas.

  • imagine quando vc assistir hellboy !!! pior filme q assisti ate agora !!!

  • o nome dela é Jênifer

    to assistindo agora

  • Myller Medeiros

    Eu esperava mais do filme… e tb esperava mais do final.. e esperei os Ramones no final tb kkkk fiquei na espera mesmo…

  • Natashaback Smith

    Acabei de assistir o remake… Estou extremamente decepcionada!!! Acredito que muita gente também vai sair decepcionada do cinema.
    Em relação ao cover… Ficou uma porcaria.

  • Otávio guastamacchia Valentim

    Assisti hoje e me decepcionei. Vi muitas pessoas (inclusive eu) dando risada em momentos que deveriam assustar haha
    Não adianta, o gosto do Getro não falha!

  • Nadia Scarmellotto

    Eu estava esperando sua crítica,mas pelo trailer ja não estava botando muita fé 😒

  • Nossa! Primeira vez que vou discordar de vc, o remake foi maravilhoso! O filme de 89 é muito fiel ao livro, já esse dá uma bagunçada na história que no final deu muito certo, o único erro foi ter revelado a troca dos personagens nos trailers, mas mesmo assim algumas cenas deixam o publico bem surpreso, pois pra quem sabe tudo que aconteceu em 89, ter outros desfechos foi muito interessante.

  • Assisti ontem…. " as vezes é melhor estar morto" 😭😭😭😭 estou sem saber ainda o que dizer do filme.

  • Como você pediu, estou voltando pra comentar! Assisti ontem o remake, lembro de ter comentado com meu namorado antes do filme: será que vai ser a primeira vez que vou discordar do Getro?
    É… Não foi! Estragaram meu clássico favorito, saí do cinema decepcionada. Até a música eles conseguiram estragar!

  • A melhor coisa do filme é o gato.

  • Bom eu gostei do filme, sai da sala da cinepoles bem satisfeito com o filme!

  • Só vejo depois da opinião do Getro!✌

  • Kamila Nascimento

    Não assisti ao primeiro filme, nem li o livro, mas eu simplesmente achei esse filme ruim, pra mim é só mas do mesmo. Valeu getro!

  • Bianca de Neve

    Assisti e sinceramente achei uma merdaaaaaa! Milhões de vezes o original. Pelo amor o que foi que fizeram com esse clássico? Ainda tentando me recuperar desse reboliço de personagens! Foi muita expectativa pra nada!!

  • SHOW de GOSTOSAS

    Beleza! Vou dar minha contribuição! Eu não achei exatamente que esse remake "deu errado" como você afirmou. Eu já assisti várias vezes ao Cemitério Maldito original (1989) e posso falar que é um filme pelo qual eu tenho apreço. Nesta atual versão, todos os atores são realmente bons, incluindo as crianças, embora eu não tenha achado que a atriz que representa a esposa do médico tenha roubado a cena do jeito que você afirmou. Todo o início do filme é muito fidedigno, muito igual, ao longa-metragem original; no início passa a impressão de que não teremos nenhuma novidade para quem já tivesse assistido ao original – a mesma história da família que se muda para o interior, o mesmo papel do médico em sua rotina de trabalho, a mesma ambientação na propriedade, o mesmo clima, os caminhões passando na rodovia, a descoberta do cemitério de animais, tudo muito igual mesmo… O ponto crucial no qual eu discordo do Getro é de que a troca de uma personagem em um evento-chave do filme tenha prejudicado tanto assim o desenrolar da história ( o que eu realmente penso é que, mesmo que não houvesse a troca da personagem, o desvio da história poderia ser feito exatamente da mesma forma, chegando exatamente no mesmo final diferente do original – não darei mais detalhes para não avacalhar o pessoal com spoleires – eu pessoalmente, gostei do fato de haver um novo final, pois, para mim que já conhecia a versão antiga, estava ficando meio chato no cinema ter que assistir a um enredo absolutamente igual ) … Também não achei que o andamento do filme foi drasticamente afetado, como Getro afirma; sinceramente, achei que o ritmo do filme é adequado para o estilo de terror. Resposta para a última pergunta: eu gostei da música cover dos Ramones, achei legal, mas claro que eu prefiro a primeira versão.

  • SHOW de GOSTOSAS

    Beleza! Vou dar minha contribuição! Eu não achei exatamente que esse remake "deu errado" como você afirmou. Eu já assisti várias vezes ao Cemitério Maldito original (1989) e posso falar que é um filme pelo qual eu tenho apreço. Nesta atual versão, todos os atores são realmente bons, incluindo as crianças, embora eu não tenha achado que a atriz que representa a esposa do médico tenha roubado a cena do jeito que você afirmou. Todo o início do filme é muito fidedigno, muito igual, ao longa-metragem original; no início passa a impressão de que não teremos nenhuma novidade para quem já tivesse assistido ao original – a mesma história da família que se muda para o interior, o mesmo papel do médico em sua rotina de trabalho, a mesma ambientação na propriedade, o mesmo clima, os caminhões passando na rodovia, a descoberta do cemitério de animais, tudo muito igual mesmo… O ponto crucial no qual eu discordo do Getro é de que a troca de uma personagem em um evento-chave do filme tenha prejudicado tanto assim o desenrolar da história ( o que eu realmente penso é que, mesmo que não houvesse a troca da personagem, o desvio da história poderia ser feito exatamente da mesma forma, chegando exatamente no mesmo final diferente do original – não darei mais detalhes para não avacalhar o pessoal com spoleires – eu pessoalmente, gostei do fato de haver um novo final, pois, para mim que já conhecia a versão antiga, estava ficando meio chato no cinema ter que assistir a um enredo absolutamente igual ) … Também não achei que o andamento do filme foi drasticamente afetado, como Getro afirma; sinceramente, achei que o ritmo do filme é adequado para o estilo de terror. Resposta para a última pergunta: eu gostei da música cover dos Ramones, achei legal, mas claro que eu prefiro a primeira versão…….

  • :::::::::::: :::::::::::::
    ——
    Eae!

  • não vi o filme antigo kk , então gostei muito! a parte do acidente é muito boa tb

  • Eduardo Stringini Severo

    Acabei de voltar do cinema… até a metade é igual ao primeiro e o final é diferente mas decepcionante, o antigo tem um clima muito mais sombrio que esse novo que não da medo nenhum.

  • Getro 😑 eu nunca me arrependi tanto de ter visto um filme no cinema …. Devia ter ficado em casa 😪 Eu r$ 35 mais rica kkkkkk nada haver a troca de personagem , nada a ver um final tão besta … Mas o gato tava bonitinho

  • Getro traz um video sobre akele filme mt legal Herança maldita/Castelo Maldito um filme trash mt boooooooooom traz uma critica dele✌

  • damasceno de souza

    oi Getro, eu não vi o antigo e nem li o livro, e achei bacana, não é aquele terror de esfriar a espinha mas achei bem divertido e legal de ver. Sobre a troca de personagem eu achei melhor assim pois uma personagem mais velha fica mais verossímil, ainda pelas coisas que ela fez.

  • Minha crítica:
    O começo do filme tem um enredo bom, provoca suspenses no decorrer do filme, porém da metade para o final o filme ficou numa constante até chegar em um final bem porco, sinal que não tiveram muita criatividade para o fim. Um filme com muito potencial e que poderia ter alcançado bom final – tendo em vista o começo do enredo -, mas optou-se por um final broxante.

  • Márcio Domenes

    Olá Getro! Sempre acompanho o canal e considero na maioria das vezes as suas críticas pertinentes às obras expostas. Adoro suas análises, muitas delas me fazem refletir sobre as nuances e estratagemas dos filmes a exposição. No entanto, desta vez, descordo completamente do seu ponto vista. O modo como se expressou dá a entender que o filme é um fiasco total e que os diretores e roteiristas pisaram na jaca sem dó. No entanto, já remakes desastrosos e “produções originais” de – como diz a expressão – cair o cú da bunda.

    Entendo que um filme jamais será como obra literária original, por mais que defendemos o escritor e nossa paixão por sua escrita. Pois a obra literária é uma mídia completamente diferente e as artimanhas para captar o leitor tem outro ritmo, um trabalho de subjetividade, intimismo e dialogo pessoal com quem lê para que a imaginação do leitor seja o palco para escrita do autor. E mesmo assim, ainda há interpretações diferente da obra sobre questões e abordagem que muitas vezes, nem mesmo o autor quis abordar.

    Antigamente eu era muito arredio sobre essa questão da fidelidade de transportar a obra literária para sétima arte. Hoje com um pouco mais de estudo sobre produção cinematografia e roteiro, além de trabalhar com os escritores, percebi e compreendi que tanto um escritor, quando um diretor, jamais serão fiéis a sua fonte de inspiração. Para o escritor a vida, para o diretor a obra literária. Pois ambos irão dar a sua percepção sobre o que inspiram.

    Realmente fiquei com muito medo que o filme de 2019 fosse uma mera transmutação adaptativa para Full HD ou 4k da versão de 1989. Mas assim como a obra de 1989 os diretores tomaram de inspiração o livro. E isso considero crucial, inspirar-se. É através da inspiração que o diretor trás o seu tato a obra, assim como o escritor faz ao observar a vida ou sua fonte de estudo. Considero que os filme ruins inspirados em obras literárias é resultado de uma decrepita falta de tato cinematográfico e outros fatores que envolvem elenco, produtores, investidores que não necessariamente são apreciadores culturais e roteiros roçados.

    A versão de 1989 sempre terá um lugar no meu coração. Mas ao assistir o filme de 2019 tentei me afastar das experiências do filme de 1989 que assisti desde os meus 10 anos (hoje tenho 38 anos) e também da profundidade atmosférica e tétrica do livro. Não li resenhas, não vi trailer e também assistir o filme após você postar seu release em vídeo. O qual só assisti após ver o filme. Eu achei muito mais interessante como eles trabalharam as alucinações psicológicas e os traumas dos personagens. Tanto a Rachel Creed com sua irmã Zelda, quando de Louis Creed com seu paciente Victor Pascow. No filme de 1989 o roteiro era meio arrastado nesse aspecto, trazia uma certa tensão, mas não expressa (a meu ver) como os personagens estavam perdendo a percepção da realidade. Afinal eles saíram da cidade grande para fugir do caos e ritmo enlouquecedor.

    Uma coisa que concordo contigo no quesito “Assustador” é que a Zelda de 1989 é muito mais assustadora, assim como Cage “undead” do primeiro Pet Sematary até hoje me impressiona com sua atuação e sua comovente segunda morte. Aliás, morte esta que é uma das minhas cenas favoritas daquele filme. Mas ainda assim, considero o filme de 89 um tanto lento e tenho um “porquê” interessante! Só depois de muitos anos com o advento da internet e as invariáveis fontes de pesquisa entendi a razão do ritmo não condizer com o meio. O roteiro do filme de 1989 foi justamente e unicamente o próprio Stephen King que o escreveu. Quero deixar claro que sou fan incorrigível do King. Li quase todos os seus livros. Por isso longe de mim afirmar que ele é escrito ruim, muito longe disso. Mas diante da minha modesta experiência em roteiro e edição é inegável dizer que os escritores têm dificuldades de ver cinematograficamente a narrativa de uma história. Principalmente se forem autores da mesma.

    Digo isso pois já trabalhei com escritores e percebo a dificuldade que eles têm em “transpor, perceber” sua obra literária em outros tipos de mídia. Da mesma forma como eu teria dificuldade em transpor um curta metragem para um livro. Pois nossas acuidades e desenvolvimento obra é pautada em técnicas, percepções e exercícios distintos. A forma como os escritores desenvolvem a sua linha de raciocínio é permeada nos parâmetros da estrutura narrativa da composição literária. Com suas próprias regras e formas de desenvolvimento. Não digo que seja impossível um escritor ser um bom roteirista, mas é necessário muita prática e exercício para ele desvencilhar de um ritmo argumentativo que é pautado na construção demorada de ambiente, atmosfera e personagens para um “texto mais flexível” que tenha conhecimento das técnicas narrativas da sétima arte.

    Por duas razões acredito que um escritor não deve ser roteirista solo de um filme inspirado em sua própria obra: Primeiro, ele já está embebecido de todas as nuances de sua obra na forma como ela se encontra. Então jamais a obra servirá de inspiração, ele tentará reproduzir com a maior fidelidade possível. O segundo erro é que o escritor não entende os elementos narrativos da cinematografia. Será difícil ele escrever tendo em mente que vários outros elementos irão compor sua narrativa como fotografia, cores, ângulos, sonoplastia, música e afins.

    Não digo que um escritor não possa participar como roteirista de um filme inspirado em sua própria obra. Pode! Mas não me recordo de outro filme mais recente que o Stephen King tenha sido roteirista solo. A não ser os filmes que na época me propus a pesquisar e percebi que ele, junto a uma equipe ou fazendo dupla com outro roteirista, inegavelmente o filme era interessante nos quesitos técnicos. Como exemplo Gerald's Game (2017) que o King faz parceria na produção de roteiro com Mike Flanagan e Jeff Howard. Lembrando que esse Howard faz parte da equipe de roteirista da fodástica série The Haunting of Hill House. Até no filme The Mist de 2007 o King trabalha em parceria com outro roteirista, Frank Darabont. Não sei a série, pois não assisti. Mas The Mist, o filme, é sensacional!

    Não posso afirmar, mas chuto sem medo de errar, qualquer filme que o Stephen King for o roteirista solo, inegavelmente haverá essa dificuldade de “transmutar” sua ideia para outro tipo de mídia. Observando essas peculiaridades entendi porque o filme de 1989 tem um ritmo de “narrativa literária”. E sejamos sinceros, ainda bem que King foi só roteirista, pois se fosse diretor seria um desastre total! Digo isso tendo em mente um dos filmes mais ruins em todos os sentidos, o “Maximum Overdrive” de 1986 dirigido pelo nosso querido King. Eu só gosto dele, pois ele é tão ruim que me faz rir com algumas cenas. O filme “Rubber, o pneu assassino” é um sucessor espiritual que deu certo. Pois tanto “Maximum Overdrive” quanto “Rubber” trabalham em cima da ideia de objetos inanimados que tomam consciência de si mesmo e se rebelam contra os humanos devido aos “anos de exploração”. A diferença é que “Rubber” teve “uma consciência cinematográfica” que apesar de ser um filme B, ele soube usar todas as técnicas do meio para satirizar o gênero de filmes de serial killer e as técnicas cinematográficas usadas nesse gênero.

    Mas voltando ao Pet Sematary de 2019. Quando você diz que esse filme é lento comparado ao anterior, eu tenho que contrapor amigavelmente contigo. Pois achei interessante como diretores e roteiristas trabalharam no aspecto de desenvolver os traumas psicológicos, as alucinações e deram um pouco mais de ênfase a origem do mito. Até voltei a cena para ver se realmente havia essa “leitura mais demorada do livro que esfriava a trama”, pois isso não me incomodou em nenhum aspecto. Talvez por que eu goste de filmes mais lentos, filmes que trabalham mais a tensão. Considerei com uma boa dose de suspense para aquilo que o filme se propôs. Está longe de assustar, mas traz um bom suspense. Não considero Pet Sematary de 2019 um substituto espiritual do anterior, nem uma nova versão que possa ser considera obra prima. Mas não vi com o mesmo impacto de fracasso como expos. É um bom filme. O filme me causou um certo “eita, porra” de desconforto, mas não considero um dos piores finais que já vi. Aliás, o final me soou como meio os “The Twilight Zone” da década de 90.

    Mesmo discordando de alguns aspectos, sou fan do seu canal e um admirador das suas percepções sobre os filmes expostos. Aliás, sempre saio com ótimas dicas e reflexões. Um grande abraço
    !

  • Esse filme é uma bosta, quando pensei que começou, já estava era terminando e de terror não tem nada. O classico da decada de 80, apenas o trailler dá uma taca nesse filminho, nunca me esqueci pois foi esse trailler que incentivou meu pai a comprar um video cassete.

  • Francisco Diogo

    Getrao, eu concordo muitas vezes com você sobre as críticas de outros filmes … mais sobre esse , eu DISCORDO completamente… o final é sensacional ..

  • Finalmente uma crítica realista!

  • Monteiro Santiago

    Eu assistí o original quando era adolescente nossa tem tempo eu tinha 10 anos😂😂😂😂

  • Filme bem fraco, não assustou nem minha namorada medrosa kkkkk

  • Ta de mimimi não…o filme é horrivel. Eu sou mega fã do livro e gosto muito do filme de 89-apesar dos criticos cairem matando- e esse é o mesmo caso de Carrie de 2002.Merece um remake do remake.

  • Uma pena vc nao ter curtido o filme Getro,eu assisti e gostei ,e eu assisti nos anos 90 a primeira versão tambem ,antes que digao que eu nao conheci a original…e sim eu ainda fico com a primeira versao mas o remake nao ficou ruim na minha opinião 😉

  • Esse getro é um piadista nato! Kkkk

  • Poxa Getro, eu sou tão fã do conteúdo que vc produz e fui ver o filme pra "dar uma chance" que vc disse que poderíamos dar… e vc me fez gastar 30 pila no cinema! PORRA, GETRINHO! (mas a música nova tá bem legal, tem um "quê" de bandas femininas dos anos 80 ala Hole)

  • Marco Antonio Pereira

    o filme é bem feito mas faltou direção.

  • O filme é ruim porém quando a menina volta do cemitério ela salva o filme que interpretação maravilhosa

  • Evaldo Dos Santos

    Dessa vez eu discordo, eu achei muito melhor que original
    Mas é aquela coisa, é um filme bom, mas não tem anda de extraordinário

  • Também não gostei do remake. Vi o antigo e o zumbi dava arrepios pq sempre tinha aquele mistério sobre oq ele estava planejando. Nesse de agr a menina parece q virou super sônica. Os personagens não despertam empatia e achei q o roteiro tinha alguns furos. E achei o final pavoroso!

  • O filme tem efeitos e ambientações muito boas sim…mas pooor favoooor, eu fui ansioso p ver aqla cena do final quando a esposa mata ele lembra? Mas cara eu fiquei chateado com oq eu vi…e aqlas criancinhas la tocando o tambor no enterro do bicho kkkkk ja repudiei dsd o trailer

  • Tamires Rodrigues Da Silva

    Como sempre #Getro muito pontual nas colocações, na minha humilde opinião o melhor crítico de cinema, agora sobre o filme
    Me decepcionou muito, eu esperava mais! A atuação das crianças perfeita, eu prefiro o filme de 89, no primeiro eu sentir a dor do pai, apesar de ser um filme antigo.
    E o final do segundo muito bugado.

  • Não fui ao cinema, assisti pirata mesmo. Eu vou reler o livro, já tem uns 30 anos q li Cemitério. Nunca gostei muito do filme oitentista, fiquei com muita expectativa nesse novo e me incomodou, fiquei chocada com o final.. N fez nenhum sentido aquilo ali. Decepção.

  • Liliane Conrado

    kkkkkkkkkkk Getro é fantástico

  • Perseguidor Sangrento

    Stephen King – Pet Sematery

    Também é uma música do Ramones kkk

  • RICARDO BERNARDINO

    Eu gostei muito
    Muito foda

  • Lightning Strikes

    Até Pet Samatary 2 de 1992 com Edward Furlong é melhor que essa bosta de remake .

  • Amauri Brandemburgo Junior

    Infelizmente eu não curti esse filme. Sou super fã do livro e do filme de 89. Esse remake, me decepcionou. Concordo com você Getro. Ótimo video.

  • Achei o filme bem fraco e no final eu já estava rindo kkkkk.

  • Bruna Rodrigues

    Uma bosta! Eu sou apaixonada pela versão de 1989 e pelo livro. Esse remake foi uma falta de respeito com essa obra de arte!

  • muito ruim esse filme

  • Fui ver Cemitério Maldito 2019 e sai surpreendentemente satisfeito! Na minha ingenuidade, e descrença dos "remakes" (fruto de uma série de decepções ao assistir mutilações de obras originais…), sai incrivelmente satisfeito! As mudanças foram acertadas e o final foi mais horrendo do que o do original!
    Amei e me aterrorizei com o final, que é engatado com aquele começo "misterioso". A única coisa que não gostei do "reboot" foi o cover de Pet Sematery dos Ramones, que ficou um lixo, mas ai, pros créditos, até que passa…

    Gostaria de sugerir um filme para você colocar na lista d'Os Filmes Mais Perturbadores. Sugiro que faça a resenha de Martyrs, mas a versão francesa, de 2008, pois a americana, pra variar, ficou sacal!

    Parabéns pelas resenhas. Ótimo canal.

  • FACEBOOK: ANDERSON SEBASTIAO

    to me atualizando dos videos, fiquei um tempo fora, to vendo tudo de uma vez e anotando tudo.
    cemiterio maldito era uma das obras que eu mais aguardava, e foi a grande decepção

  • Rafaela Miranda

    Como eu não li o livro, não assisti o original e sou medrosa, o filme no geral me agradou muito. Só acho que a personagem da Rachel poderia ser explorada de uma forma que encaixasse melhor no filme.

  • Josilene Silva

    Remake de O grito???
    Ahh não mano

    Eu já não tenho psicológico nem pros que já tem …

  • Kleber Tiago Clementino

    Eu não vi o filme original e nem li o livro e gostei bastante do filme. Sério, gostei muito.

  • Felipe Barbosa Santos

    só eu que gostei mais do antigo do que desse?

  • Juliana de Nantes

    Sei que é clichê falar isso, mas… O livro é FODA!!!!

  • Juliana de Nantes

    Saudade de ver John Lithgow atuando… Velhão maravilhoso

  • Ronnie Peterson

    Assisti ao filme e posso afirmar uma coisa, fora alguns diálogos desnecessários e pedantes o filme tem uma proposta boa, trilha sonora razoável e atuação em geral nota 10, mas algumas mudanças no roteiro original comprometeram o filme por completo,
    Principalmente no desfecho final, o que é aquela porcaria???
    Mas ainda assim vale a pena assistir.

  • Não achei assustador esse filme!

  • Lilian Brambilla

    Achei um horror terem colocado a música do ramones, tocada por outra banda, foi uma afronta aos fãs de cemitério maldito e ramones 😡

  • Sem duvida esse remake ficou uma porcaria em relacao eo filme anterior…
    Alem de terem mudado a historia, esse filme ficou mais light!
    E o cover da musica ficou uma porcaria!

  • O filme tem muita enrolação mas não é ruim não,o menino lembra muito o do filme de 89 e aquele final deu muita dó dele mesmo que não apresentou o que foi feito depois que chegaram no carro

  • Suspiria é pior remeke

  • Esse filme saiu dos cinemas rápido.Já tô com o DVD aqui em casa!!

  • Na boa esse filme é muito tedioso e cheio de clichês manjados "A mulher que tem um trauma de infancia" ja vi isso tantas vezes,pra mim quem salva o filme e a garotinha elli ela rouba a cena no final

  • Assisti ao filme sem ter visto o original, e sem ter lido o livro, achei um bom filme, o suficiente para se perder algum tempo assitindo, também achei o filme com o desenrolar um pouco arrastado como você citou no vídeo, e não gostei do final, mas nada que fizesse eu me arrepender de ter assistido ao filme.
    Quanto a versão de Pet Sematary dos Ramones nos créditos, ficou horrível, estava esperando a música original e tive uma desagradável surpresa.
    Seus vídeos são demais Getro, parabéns.

  • Eu tava num puta hype pra esse filme pois sou muito fã do filme nas pqp tá muito sem alma esse remake

  • Gostei do remake mas é óbvio que prefiro o antigo

  • Desculpa Getro, mas tenho que discordar em relação a Suspiria. A nova versão é uma porcaria.

  • Fernando Vieira

    Concordo plenamente . A refilmagem é uma bosta .

  • Jhuliano Castilho Ator

    Fala sério achei a versão nova melhor que original o aprofundamento nos personagens e melhor oque não gostei foi do protagonista ele não passa o dor do pai …
    Mas e um filme bom de mais

  • Eu Amo ouvir o Getro 😍 a maneira q ele explica e tão Foda

  • Queria muito assistir esse filme no cinema e não deu, graças a Deus, acabei de assistir em casa, cagaram com o filme, o de 89 é muito melhor que esse aí

  • raphael rodrigues

    Não vi o antigo não li o livre e curte esse novo kkk

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *