O Trabalho não é sem querer, é de propósito! | Geovana Donella | TEDxSaoPauloSalon

O Trabalho não é sem querer, é de propósito! | Geovana Donella | TEDxSaoPauloSalon


Tradutor: Leticia Pereira
Revisor: Cristina Bufi-Pöcksteiner O trabalho não é sem querer,
é de propósito. Vocês já se perguntaram se você
trabalha sem querer, ou de propósito? Porque muitos de nós
trabalhamos sem querer. Sem vontade e sem intenção. E de verdade, trabalhar sem querer
é algo realmente muito triste. E por isso que, na minha jornada,
durante toda a minha vida empresarial, eu resolvi trabalhar de propósito! Então, o trabalho não é
sem querer, é de propósito. Eu iniciei minha carreira fazendo arquivos de fichas
de 8 mil colaboradores em uma empresa, em ordem alfabética. E eu era auxiliar de documentação. Gente, está abaixo
de auxiliar de escritório. Bem lá embaixo. Eu só tinha uma intenção:
arrumar aquele arquivo. E todos os dias eu planejava, olhava,
verificava como poderia melhorar aquilo. Eu levei um ano e meio
para arrumar aquele arquivo. E quando minha chefe viu, ela me disse: “Nossa, nunca ninguém
conseguiu fazer isso”. E aí eu percebi que
quanto mais eu planejasse, quanto mais eu entendesse
os aspectos técnicos do trabalho, mais eu conseguiria entregar
o meu trabalho de forma positiva. Mas mais do que tudo isso,
eu também aprendi nessa fase que o tamanho do meu cargo não diminuiria
o tamanho do sucesso do meu trabalho. Depois disso, fui convidada para trabalhar
numa empresa de embalagens: soprar garrafas plásticas. Eu não entendia nada
de garrafas plásticas. Mas eu resolvi ir. E chegando lá eu me apaixonei
pelo processo de garrafas. Eu colocava o capacete na fábrica,
e ia andar pelo processo produtivo, e olhar cada uma das fases do processo. Estudava e estudava. Foi aí que eu resolvi fazer
minha primeira especialização, em Administração Industrial, na Poli, para entender mais
os processos produtivos. E de tanto que eu estudei,
de tanto que eu olhei pra esse processo, eu inventei uma garrafinha
pequena para as crianças. E aí então, nasce a inovação. Tudo muito legal. Mas o que eu mais aprendi é que,
sejam ideias pequenas, ou ideias grandes, nós não fazemos nada sozinhos. E se nós não contaminarmos
as outras pessoas com a nossa ideia, elas não nascem. Depois disso, fui convidada para trabalhar
numa empresa n°1 de alumínio no mundo. Um “headhunter” me liga e me fala: “Olha, nós queremos oferecer
15 salários de luva antecipados pra você”. Mas eu era tão apaixonada
pela empresa de embalagens que eu falei: “Não, não vou”. Aí depois me fez um novo convite
e eu disse: “Não, não vou”. Até que ele me disse algo que
mudou radicalmente a minha decisão. Ele me disse: “Você vai ser a primeira
mulher na história mundial dessa empresa a ter esse cargo”. Eu disse: “Eu vou”. Rapidinho. Porque eu não conseguia entender, e nem
imaginar naquela altura da minha vida, como pode uma mulher não ter uma posição
dessa na empresa n°1 do mundo em alumínio. E foi aí então que eu comecei a lutar
pela diversidade de gêneros nas empresas, e mais que isso, pela representatividade
feminina em altos cargos de administração. Simplesmente porque juntos somos melhores:
todos, e com todos, e para todos. Se não o sucesso não vem. Depois disso, eu montei
a minha primeira empresa no Brasil, e montei a minha filial na China. E eu comecei a ir pra China várias vezes,
quando de repente, desde o primeiro dia, eu via os chineses entregando
o cartão de visitas pra mim e se curvando. Aquilo me deixava até
um pouco constrangida, na verdade. E eu questionei um dos chineses: “Mas por que vocês fazem isso?” E ele me disse: “Te entrego com dedicação e amor
o meu melhor, o meu trabalho”. E aí então eu entendi bem cedo que se nós não tivermos a humildade
de ouvirmos o nosso cliente, ou as pessoas a quem
entregamos o nosso trabalho, a gente não consegue entregar
o trabalho que deve ser entregue. Hoje eu sou conselheira
de empresas familiares. E sem fazer planejamento
estratégico para o futuro, sem “estratejar” o que vai ser
em curto, médio e longo prazo, sem monitorar e sem
incentivar essa empresa, o resultado não vem. Mas mais do que tudo isso eu aprendi que sem ter diálogos francos e honestos
com essas famílias, o resultado não vem. E até no meu trabalho social,
eu sou embaixadora do “Amor em Cartas”. A gente escreve cartas para
pessoas carentes de amor e de afeto. E esse trabalho, se nós
não tivéssemos feito planos e planos, ficássemos dias e dias
trabalhando em cima disso, planejando, organizando e fazendo, nós não conseguiríamos atender
as pessoas da forma que nós atendemos. Mas eu aprendi que esse trabalho não me deixa esquecer,
todos os dias da minha vida, que, até numa simples carta, eu preciso de alguém pra escrever
e de alguém pra receber. Liderei negócios no Brasil e na China,
de bolsas femininas a alumínio. Fiz negócios totalmente diferentes. Gente, eu usei o telex. E eu também usei o fax. Quando eu vi o fax pela primeira vez,
eu não dormi à noite. Porque eu falava: como pode você colocar
um papel de um lado, e sair do outro lado? Aquilo, pra mim,
eu não conseguia entender. Depois usei o bipe,
vocês usaram o bipe na cintura? E ainda era elegante. E hoje nós estamos
com o iPhone 8 aí nas nossas mãos. Ou seja, inúmeras
mudanças globais ocorrerão: na tecnologia, na gestão,
na forma de nos comunicarmos, na forma de gerirmos nossas empresas. Novos robôs nascerão. A inteligência artificial fará o que
talvez hoje não possamos imaginar. Mas tem uma coisa que,
ou seja na Terra ou seja na Lua, nenhum robô vai fazer: ter a nossa capacidade de sentir e de pensar com inteligência emocional. Então, no meu trabalho,
mesmo usando o fax e o telex lá atrás, eu não pensei como seria
o futuro do meu trabalho. Eu fiz o meu trabalho
todos os dias de propósito, com vontade, dia a dia, mês a mês, ano a ano, sem me preocupar com o futuro,
porque as mudanças vão vir mesmo. Então mesmo que eu não utilize o fax hoje,
mesmo que eu não utilize o bipe, eles me conduziram até aqui
e me ajudaram a formar essa trajetória. Depois eu fiz a minha
graduação em matemática, o que me ajudou muito
nos processos de decisão, no planejamento, na lógica e na razão. Mas não me deixou fria
pra entender todos os dias que o meu trabalho só seria
um trabalho de impacto se eu deixasse uma marca especial
na vida das pessoas. E nós, só podemos evoluir, acertar e crescer quando a gente faz
alguma coisa por querer, com vontade, com amor e com intenção. E é por isso, então, que eu desejo pra você que você sempre faça o seu trabalho, menos sem querer, mas mais de propósito. Muito obrigada. (Aplausos)

17 comments

  • Eu te amo prima. Vc é extraordinária. Exemplo de força e guerreira… linda😍😘

  • Exemplo de sucesso e dedicação essa Donella! Os resultados positivos só acontecem no trabalho de propósito! Aos poucos estou fazendo meu caminho, ainda vou ser como vc!!!

  • Geovana, parabéns!
    Percebe-se na apresentação a prática de uma relação com o mundo em condições de INTERDEPENDÊNCIA para sustentabilidade da AUTONOMIA do ser humano tendo ações focadas na ATENÇÃO para deixar a mente aberta e alerta, na FLEXIBILIDADE para aprender compreender-se diante dos fatos, na OUSADIA para tentar e arriscar, na CRIATIVIDADE para fazer diferente e evoluir, na CORAGEM para abdicar da zona de conforto, dominar o medo e realizar escolhas, e no PLANEJAMENTO para desenvolver as melhores e mais rentáveis estratégias individuais e coletivas ASSUMINDO a regência da VIDA pessoal, familiar, profissional e social. Isso faz toda a diferença e somente a pessoa pode fazer isto!

  • Parabéns Geovana pela ideologia que você colocou em prática desde tão jovem! Sempre busquei agir dessa forma, mas sem essa ênfase.De agora em diante vou tomar a liberdade de usar a sua abordagem nos meus processos de coaching e mentoria.

  • Parabéns Geovana pela palestra e mais …. por ser de propósito.

  • Estava na plateia, e senti uma emoção maravilhosa. Sou sua fã Geo. Gratidão por me inspirar. A sua inteligência, competência, elegância e talento fez de você uma mulher extraordinária, pois exerce seu proposito com Maestria.

  • Queremos todos de propósito…

  • Lillianne psicologia

    Geovana, você é um exemplo de pessoa, profissional, líder e mulher. Gratidão a você por compartilhar conosco os teus ensinamentos e sabedoria, obrigada por nos impactar e nos inspirar sempre!!

  • INCRÍVEL

  • Vc me emocionou com p projeto das cartas
    Estou chorando pelo tamanho do amor e humildade

  • A palestrante eh formada nas melhores universidades, numa epoca q isso fazia diferenca, inteligencia emocional eh so um modo educado de manipulacao mental com cheiro de espiritualidade pra iludir os tontos, as vezes funciona, mas nao vejo isso de forma moral, pra mim nao cola, interessa me eh dinheiro no bolso.

  • Amanda Carneiro

    Eu quero abraçar essa mulher! Simplesmente incrível, inspirador ♥

  • Mariana Soares

    Adorei o vídeo! Inspirador!

  • Sensacional!👏👏👏

  • Eu não trabalho, faço uma troca com meu gestor:
    Dou o meu melhor, me doo as 8H 100% conforme acordado desde o primeiro dia, em troca ele me dá uma parte dos resultados em forma de salário.
    Se um dia eu quiser um pouco mais, conversarmos sobre demanda e resultado, caso não haja um senso comum, sairei em busca de algo diferente, mas tenho plena convicção que deixarei saudade e a levarei comigo.
    Sou muito grato por tudo o que esta empresa me deu e ensinou.
    Muito grato, mas muito mesmo.

  • Manuelino Celina

    ameiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii

  • Danielle Cristiane

    Wow que palestra !

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *